terça-feira, 31 de março de 2015

O aeroplano e o saci

Um aeroplano destes bem grandes desapareceu do planeta há um ano. Nada mais se disse sobre isto. Teorias oficiais declararam que o motorista da condução tinha um sistema de treinamento na sua casa, semelhante aos milhões de jogos idênticos espalhados pelo mundo.

Outro aeroplano , da mesma viação, caiu em terras eslavas, daí que foi uma coisa mais estressante, com testemunhas, mídia e zona de guerra. Como as explicações não tiveram consistência, as consistências detonaram com as explicações.

Agora um outro aeroplano, também no velho continente, vai de encontro aos Alpes. O crime foi premeditado por um alucinado romântico e assassino, e logo nas primeiras horas o denunciado e culpado era o co-motorista. Segundo as autoridades, ele era gay, paranoide, depressivo, com menos de 70% de acuidade visual, e por fim descobriu que a noiva estava grávida de um filho seu (não ria, a consistência oficial é esta). 

Então o cidadão co-motorista esperou pacientemente o motorista-em-chefe ir ao banheiro, trancou a porta e rumou ao infinito e além. Enquanto assim procedia o seu superior, sem ter como ver coisa alguma, batia à porta com violência, mandando-o abri-la. E, claro não o fez.

Você acredita nestas histórias? Sei... entendo... tudo bem... olha só, fica tranquilo.

É isto aí! 

Nenhum comentário:

Postar um comentário