quarta-feira, 16 de março de 2016

A delação na Pitangueira!

Saibam todos que este dossiê é um procedimento real, legal, monocrático e determinante da justiça pitangueira. Com a palavra o Sr. Geovircio Fragoso.

- Eu estou aqui para delatar que ...

- Um momento, sr. Geovircio, o senhor terá primeiro que ouvir seus direitos, e o que o trouxe aqui.

Naquele momento, na rua em frente ao edifício do Fórum da Justiça Pitangueira uma enorme multidão se aglomerava diante da porta principal. Devem ser entre 30 e 32 pessoas, berrou o segundo sargento da real Cavalaria. Mandem reforços, repito, mandem reforços ...

Entendido, sargento. Atenção todas as unidades, dirijam-se ao Palácio da justiça, onde uma enorme multidão tomou de assalto a entrada principal.

Positivo e operante, Central, neste momento temos duas bicicletas de patrulha e três agentes de segurança em terra se dirigindo ao local. O japonês pode ser mandado como reforço?

Enquanto isto, mais trinta e duas pessoas se ajuntaram ao grupo, gerando 64.

Metade gritava palavras de ordem coordenadas assindéticas - Geovircio é um safado e seu pai foi corneado!

Metade gritava palavras de desordem subordinada - Geovircio não fuja à luta, sua mãe é que é puta!

Geovircio chega à janela, desnorteado, sem palavras e os 64 em uníssono - pula! pula! pula!

- O juiz em polvorosa grita - antes de pular assina a delação, assina a delação ...

Nisto o promotor real toma  a palavra e invoca a 18ª emenda da sub-relatoria da segunda Câmara do Terceiro Reinado. Esperem todos, antes de pular, terá que responder a algumas perguntas, e caso não saiba as respostas, estará condenado a pular.

Promotor: - Geovircio, quanto é 3 vezes 3? - 9. - E quanto é 6 vezes 6? - 36. E o promotor continua com a bateria de perguntas que um réu culpado não saberia responder e Geovircio não comete erro algum. 

O promotor, dando-se por satisfeito, diz para o Juiz:: - Meritíssimo, acho que temos mesmo que colocar o Geovircio em liberdade. 

Posso fazer algumas perguntas também? perguntou a auxiliar de acusação ao promotor? O juiz e o promotor concordam. A advogada, cheia de ideias, pergunta: - O que é que uma vaca tem quatro e a sua mãe só tem duas? 
Maior silêncio dentro e fora do recinto. Geovircio pensa, pensa ... e responde: - Pernas. (ohhh-todos)

Ela não se dá por vencida e faz outra pergunta: - O que é que há nas suas calças que não há nas minhas? O juiz arregala os olhos, mas não tem tempo de interromper. - Bolsos - responde o Geovircio. 

Imediatamente e não se dando por satisfeita, ela engata uma próxima pergunta - O que é que entra na frente da mulher e que só pode entrar atrás do homem? Estupefato com os questionamentos, o promotor prende a respiração. O juiz fecha os olhos e aguarda uma resposta errada. - Geovircio respira fundo, aperta uma mão sobre a outra, sua frio e responde quase perguntando - A letra 'M'. 

Isto é impossível. Uma hora o senhor cairá em contradição e continua a argüição: - Onde é que a mulher tem o cabelo mais enroladinho? - Geovircio dá um sorriso sem graça, coça a cabeleira ruiva, esfrega as mãos espalmadas por sobre a mesa, olha para a janela, pensa em pular, mas de súbito grita - Na África!! É na África!!

Como o senhor pode saber de tudo isto? Mas eu guardei as duas perguntas incriminatórias para o final, senhor Geovircio. - Qual o monossílabo tônico que começa com a letra C termina com a letra U e ora está sujo ora está limpo? O promotor começa a suar frio, os 64 começam a ajoelhar, o juiz treme. Geovircio não tem mais nada  a perder, mas arrisca a resposta que acha que o inocentará - O céu, doutora. - Como o senhor falou? Por favor, fale ao microfone para que todos escutem. - O céu!. - Muito bem, até aqui não caiu em contradição, mas ...

Senhor Geovircio, o que é que começa com C tem duas letras, um buraco no meio do redondo, e eu já dei para várias pessoas? - Geovircio, sua frio, o suor escorre por todos os poros, a roupa está molhada. De repente dá um soco no ar e grita - CD. 

Não mais se contendo, o juiz interrompe, respira aliviado e diz para a promotoria: - Põe o Geovircio em liberdade e parcela apenas 10% do que se suspeita que subtraiu, dividido em 120 parcelas para que todos  vejam nisto que a justiça foi feita.

É isto aí!


Nenhum comentário:

Postar um comentário