terça-feira, 20 de setembro de 2016

Pão com queijo ou pão de queijo?

Resultado de imagem para pão de queijo

No Reino da Pitangueira o famoso Pão de Queijo da Pitangueira tem queijo e deve ser acompanhado de um café muito bom demais da conta.

Como é um prato requintado da nossa culinária, demora um pouco mais do que estes congelados que dissolvem na sua mesa, têm aspecto de borracha e endurecem em minutos após esfriarem.

Vamos lá - leva uns 40 minutos, ok?

Primeiro de tudo, lave as mãos, e por favor, nunca, jamais, em tempo algum enxugue suas mãozinhas supostamente limpas no famoso pano de prato pendurado em algum lugar estratégico da cozinha - aliás, aquele pano de prato deveria ser trocado pelo menos uma vez ao dia - todo dia.

Falando em lavar as mãos, já lavou a sua caixa d'água este ano? Como a qualidade da água que você recebe - e paga caro por isto - pode e deve ser questionada (sempre), não custa nada tomar medidas profiláticas. Sabe aquela dor de cabeça crônica? aquela cólica chata? aquela diarreia que só aparece nas segundas feiras (afinal você ficou em casa todo o final de semana)? aquela coceira irritante nas partes púbicas? aquele cheiro intenso nas axilas que apareceu recentemente? aquela coceira capilar? a cólica menstrual que aumentou demais da conta? a menstruação que está desregulada? Pois é, você tem duas medidas simples que podem eliminar grande parte destas coisas:

Medida 1 - Lave a sua caixa d'água 2 vezes/ano e tampe bem tampada. Nunca deixe a sua caixa exposta ao sol. Humm, entendo - ela foi colocada por último. Coloca uma lona em cima dela - é feio mas tá pago.

Medida 2 - Coloque um filtro industrial antes da caixa d'água ou após o hidrômetro, o que for mais fácil e mantenha ele em constante operação de limpeza. (Eu tenho três filtros seriais - um de areia, um de celulose e um de cerâmica - e garanto - é um horror o que vejo impregnado neles).

Antes de prosseguir - a água que você consome é de refrigerador externo ou fica em vasilhas na geladeira? No caso do refrigerador/bebedouro externo, troque a vela de 6/6 meses e no caso de recipientes de água na geladeira, lave com água e sabão pelo menos uma vez por semana.

Ah! Você prefere água mineral? Não há nenhuma garantia de que aquela água em delicados frascos azuis sejam puras, aliás, isto é impossível. Além disto, lacres vão e vem, e águas são águas, se é que você me entende. Além disto, vamos considerar que a água que você comprou naquele lindo garrafão, veio diretamente de uma fonte autorizada, mas você não quer nem saber que o galão já passou por hospitais, presídios, fábricas, comércio, escolas, creches, casas, condomínios, etc, está ali, cheio de ranhuras externas visíveis e internas quase invisíveis e você ali, jurando que tudo isto é normal, que não tem preconceito de bactérias e outros bichos aquáticos. Neurótico, eu? Não, mas água é o maior veículo de transmissão de doenças do mundo.

Ainda falando dos galões, quantas vezes você já desmontou e limpou com álcool 70° a parte interna do seu bebedouro/refrigerador? Nunca? Parabéns, você é um dos grandes veiculadores de enfermidades na sua casa. Mas espera aí, eu faço isto sim  e uso álcool absoluto, ou então álcool de cereais, então eu sou phoda - rá-rá-rá ... pois é, com álcool absoluto e/ou álcool de cereais, a única coisa que você consegue é alcoolizar as algas, bactérias e outros bichos que por ali passam o verão.

A única concentração de álcool capaz de destruir estes seres microscópicos é o álcool 70°, que sai bem mais barato do que analgésicos, antibióticos, e outras drogas legais que temos por aí. Compre um litro numa farmácia de manipulação - o prazo de validade é indefinido, portanto, use e abuse.

Voltando ao tema, além da sua arte culinária, este pão de queijo consome apenas três ingredientes, e dá aí uns 20 a 25 pãezinhos, dependendo da sua vontade por maiores ou menores.

Ingredientes para o Pão de Queijo da Pitangueira:


1 caixinha de creme de leite (200 ml)


Atenção, presta muita atenção, por que depois vai ficar falando que leu a receita aqui, que deu tudo errado, que não era nada disto, etc e tal. Por que tem que ser o Creme de Leite de caixinha? Eu sou do tipo que só usa Creme de Leite fresco (eita - mas que coisa, hem!) ou então do da lata. Pois é ...

Saiba que o Creme de leite fresco é o creme de leite que compramos em garrafa e fica na parte de laticínios dos supermercados e padarias (refrigeradores). Deve ser mantido obrigatoriamente sob refrigeração, é o responsável pelo verdadeiro chantilly (basta batê-lo com uma batedeira até ficar espesso, mas cuidado para não bater demais de virar manteiga!).

É um creme com maior teor de gordura (cerca de 35%)  e quanto mais branco o creme, maior o teor de gordura e melhor sua qualidade. Pode ir ao fogo sem problemas, pois não irá talhar, podendo ser fervido. Não pode ser substituído pelo creme de leite de caixinha, pois o fresco pode ser fervido e reduzido sem alterar suas características, enquanto o de caixinha irá talhar ao ser fervido.

Creme de leite de caixinha: Muito comum de ser encontrado, normalmente possui cerca de 25% de gordura. É o ideal para ganaches, caldas, pudim, molhos, sobremesas, porém não pode ser fervido, senão irá talhar. É conhecido também como cream, single cream (inglês), crème liquide (francês), panna (italiano) ou natas (em Portugal). Após abrir a caixinha, guarde na geladeira, de preferência em outro recipiente tampado.

Creme de leite de lata: Possui normalmente a mesma quantidade de gordura (cerca de 25%) que o creme de leite de caixinha, porém vem com o soro separado e normalmente é menos encorpado. Na hora de utilizar uma receita, a menos que esta peça para separar o creme de leite do soro, misture o conteúdo com uma colher e utilize por completo o conteúdo da lata. Após abrir a lata e não utilizar todo o conteúdo retire da lata, e guarde na geladeira num pote fechado.

Se você for destes radicais, que só fuma, digo, só usa do da lata, o creme de leite de lata pode até ser usado, mas você aí terá que colocar o soro que está sobrando na lata, sem misturar com o dedo, cabo de faca, e outras coisas estranhas com as quais acha que faz bem, em um copo, e num outro recipiente (limpo) que pode ser outro copo, enfim tira o soro e separa 200 mL do que ficar na lata.

2 - 250 mL de queijo ralado - pode ser parmesão + mussarela 

Mas como eu em mim farei 250 mL de queijo ralado?
Duas opções:
Opção A - Chame o Chapolin Colorado
Opção B - Pegue um Copo Medidor e vai despejando o queijo ralado até atingir o Volume de 250 mL marcado no Copo Medidor.


3 - 250 mL de polvilho 


Pode ser o Polvilho doce? Pode!!!
Pode ser o Polvilho Azedo? Poooodeee!!!
Pode ser com os dois? Acho que não.
Pode ser o Polvilho Antisséptico Granado? Não, né, mané!

Modo de preparo:

Num recipiente de vidro, limpo e lavado, coloque o Creme de Leite de Caixinha (200 mL).

Pode colocar, eu espero.

Colocou? Muito bem.

Vá misturando o queijo ralado ao Creme de Leite até ficar homogênea a mistura.

Ho mo gê nea ... isto, é uma coisa onde tudo é igual.

Vá colocando o Polviho (pode ser doce ou azedo) e fazendo a massa com as suas mãos limpas, lavadas e prontas para uso doméstico. Ao findar o Polvilho, continue amassando (pegando na massa - amassar), até que ela não fixe mais na sua mão. Caso seu polvilho seja daqueles batizados com outras coisas, ou mesmo vencido, poderá não atingir este ponto com os 250 mL, então deverá ir bem devagar, polvilhando e amassando até chegar a este ponto de massa que possa ser enrolada para fazer as bolinhas de pão de queijo.

Faça as bolinhas, do tamanho que desejar - lembre-se, se forem muiito pequenas não ficará legal.

Dicas hipertensas, malaguentas e outras:

Se achar necessário, acrescente sal à massa antes de formatar os bolinhos que serão o seu pão de queijo. Mas é pouco sal.

Se achar necessário, pode colocar uma pimenta malagueta ralada, bem triturada, bem picadinha mesmo, à massa.

Se achar necessário, pode colocar ervas finas, desde que bem trituradas, ultra-finas, à massa, antes de fazer os bolinhos.

Se achar necessário, pode acrescentar orégano (triturado, bem triturado)

Se achar necessário, pode acrescentar presunto, bem ralado à massa.

Se achar necessário, pode colocar amêndoas, nozes, etc.

Coloque em forma (untada ou não) e asse em forno pre-aquecido bem quente

Você poderá untar com manteiga (de preferência) a forma e polvilhar com farinha de trigo.

Experiências aqui e ali afirmam que para dar um tique caipira, a farinha de trigo pode ser substituída por fubá de milho.

Outras experiências, para chocólatras, permitem que você polvilhe a forma untada com uma mistura de farinha de trigo e um pouquinho de chocolate em pó.

Os dependentes de açúcar poderão forrar o fundo da forma com papel manteiga, polvilhar açúcar no lugar da farinha para obter uma casquinha crocante nas laterais e no fundo. Mas não exagere que o açúcar derrete e pode queimar.

Alguns colocam goiabada como recheio, outros colocam geleia de laranja, enfim, faça o seu recheio, o Pão de Queijo aceita quase tudo.

Asse até ficarem douradinhos levemente.

Bom Pão de Queijo!






















Nenhum comentário:

Postar um comentário