sábado, 31 de dezembro de 2016

Simpatia de Ano Novo para casar (como fazer para agarrar um marido)



Diga-me mestre, como fazer para conquistar um homem rico, bonito, alto, forte, solteiro, heterossexual, educado, inteligente, culto, novo, viril, de boa família, fiel, religioso e apaixonante?

Tem certeza disto, minha filha?

Sim, Mestre. Tenho convicção que quero um homem assim.

Minha filha, este homem não existe.

Existe, Mestre. Minha amiga arrumou um para ela e ele é assim. Eu quero um igual para mim.

Sei.... arranjou mesmo? Tem certeza?

Bem, não é isto tudo, mas se a gente pode pedir o pacote completo, para que regatear, não é verdade?

Entendo. Olha, o tempo não tem compromisso com o espaço.

Como assim, Mestre?

Ele poderá ser rico um dia, mas não necessariamente na hora que te encontrar.

Ah, não, quero pobre não, se vira aí.

Então, filha, você vai precisar de uma folha de papel virgem...

Papel virgem? Mas o que é isto, Mestre? Tem ninguém virgem mais não, que dirá de papel. Conheço papel crepom, almaço, cartão, papel jornal, papel manteiga.

Pode ser qualquer um, minha filha. Mas de preferência o Sulfite.

Sulfite, Mestre? Que papel é este?

Estes de formato A4 para impressora, sabe minha filha?

Ah... olha só... desculpe de rir.. então chama Sulfite... danadinho hem Mestre.

Então pega uma folha de papel sulfite virgem

Mas como vou saber se ela é virgem, Mestre?

Minha filha, virgem é uma folha que nunca foi usada, que nunca recebeu contato nenhum da mão do homem.

Nossa, Mestre, quer dizer então que se for uma mulher... uau.... não penetra... safadinho, hem Mestre...

Minha filha, pegue uma folha que nunca foi usada para nada, por ninguém. Entendeu?

Entendi. Agora ficou claro. Mas pode ser rosa?

Pode, pode ser rosa.

Vixemaria, então vou ter que comprar por que lá em casa só tem branca. Mas e verde? Pode ser verde?

Pode, minha filha, pode ser verde.

Humm, nunca vi folha verde.. deve de ser bonita.

É, deve ser bonita. Mas escolha a cor da sua preferência...

Está bem...

Em seguida providencie um Pote de Vidro transparente e virgem, com tampa de rosca.

Puxa vida, o senhor tem fixação em virgens mesmo... pode ser pote de maionese?

Minha filha, só pode ser pote virgem, que nunca foi usado para nada, igual a folha, entendeu?

Mas se eu lavar o vidro bem direitinho, fica novinho em folha, mas já a folha, se eu lavar, fica molhadinha... (gargalhadas)

Minha filha, vá à loja e compre um pote destes pequenos, de vidro, com tampa.

Pode ser tampa estampada? Ou tem que ser lisa? Posso colocar uns adesivos de Santo Antônio só para garantir?

O pote pode ser de qualquer jeito, mas sem adesivos, por que tem que ser virgem.

Nossa, Mestre, que fixação, Santo Antônio não vai tirar a virgindade da tampa e da rosca não.

Minha filha, em seguida, faça uma pasta de mel virgem com açúcar, de maneira que todo o volume caiba dentro do pote. esta pasta deverá ser feita com uma colher de madeira virgem, em uma tigela de vidro também virgem.

Mestre, o senhor é virgem? Por que, sinceramente, para que tanta virgindade assim. O senhor deveria se tratar, sei lá, o senhor já viu uma virgem? Tem trauma?

Então, minha filha, pegue a folha de papel e escreva o nome completo da pessoa desejada, utilizando uma caneta...

Virgem não é? Acertei? Uma caneta virgem... uau... Pode ser vermelha?

Pode, minha filha.

Posso desenhar uns coraçõezinhos ao lado do nome?

Não, minha filha, não pode.

Chateada... nem um coraçãozinho pititititinho assim, deste tamaninho?

Não minha filha, quanto menor o coração, menor a caneta do garanhão...

Nossa, então, na rima, melhor que não.. (rindo de dobrar)

Dobre o papel até que caiba deitado no fundo do pote.

Mas Mestre, aí ficará muito grosso...

Minha filha, você já está começando a entender o espírito da coisa.

Bobinho...

Agora, minha filha, coloque a pasta de mel e açúcar sobre o papel...

Mestre, o açúcar é cristal ou refinado?

Você poderá variar do mascavo ao refinado, vai depender da cor que está no seu pedido...

Sério? Pode ser um mulatinho ou um branquinho?

Sim, minha filha, pode ser da cor do seu desejo...

Ái, negão você é meu... desculpe Mestre, não resisti...

Bem, minha filha, em seguida tampe bem o vidro e enterre  bem em algum lugar onde ninguém pise. Não conte para ninguém que você fez a simpatia, é muito importante mantê-la em segredo.

Enterrar? Como assim? O negão vai ficar por baixo? Quero não.

Tem nada disto, minha filha, é parte da simpatia.

Mestre, e se não der certo?

Aí, minha filha, pois é... se não der certo... o rapaz vai ficar numa alegria incontida...

É isto aí!

Nenhum comentário:

Postar um comentário