domingo, 14 de maio de 2017

Nenhuma mágoa

Querida, que lágrimas são estas?

Mágoas, amor, mágoas ... eu sou um pote de mágoas, aliás, eu sou a mágoa em pessoa.

Sabe o grande problema da mágoa quando a pessoa diz - eu sou a mágoa? 

Que ela é triste?

Não - tem nada disto! O grande problema é que a mágoa é uma semivogal, e estando colada numa vogal forte, não arreda um milímetro. Para ser feliz, tem que se livrar dela.

Nossa, agora eu fiquei preocupada. E como me livro desta semivogal, então?

Perdoa, que ela vai embora e aí o eu sou voltará a ser feliz!

Sério? Não outro jeito não?

Tem não - semivogal quando cola em vogal forte não larga nem para ir ao banheiro. Só sai dela se romper o vínculo.

Puxa vida ...  já que não tem como resolver de outra maneira, vou seguir seu conselho gramatical.

Isso, faça e verá que tem umas semivogais por aí que apesar de serem fraquinhas fraquinhas, pelo amor de Deus, ninguém merece ...

É mesmo, não é? Tenho que escolher melhor as palavras, cada uma tem seu poder, sua magia. Vou cuidar disto, pode deixar ...

É isto aí!

Nenhum comentário:

Postar um comentário