sábado, 20 de maio de 2017

Prince Igor Borodin (Opera Film)



Fonte: Jornal GGN
Dica da Fonte: Itárcio Poeta Ferreira

Prólogo

Na cidade-estado de Putivl (Rússia), o príncipe Igor com seu filho, Vladimir, reúnem seu exército para uma campanha militar contra os Polovtsianos. Uma súbita eclipse solar põe todos em polvorosa. Os mais íntimos de Igor (os boiardos) assumem isso como um mau presságio e imploram a Igor para adiar a campanha. A esposa de Igor, Yaroslavna, também defende que Igor permaneça em sua terra, mas ele não desiste. O príncipe se despede da esposa e a deixa aos cuidados do príncipe Vladimir Galitsky (irmão de Yaroslavna). O exército de Igor e Vladimir parte para sua campanha. Despercebidos, dois soldados-Skula e Yeroshka - decidem desertar, e voltam para Putivl.

Ato I

Nas estepes Polovtsianas., a batalha é perdida. O exército de Igor é destruído. Igor e Vladimir são feitos prisioneiros de Khan Konchak, o chefe dos Polovtsianos. Em sua mente, o atormentado  Igor repete exaustivamente tudo o que aconteceu. A bela Konchakovna (filha de Khan), que está apaixonada por Vladimir, aparece para ele. Ele pensa em Yaroslavna. Na visão, Ovlur o instiga a fugir do cativeiro. Então, Khan Konchak, pretendendo ganhar um aliado, o visita e oferece sua amizade, declarando-o um convidado de honra. Igor tem uma visão de viver a vida em sua plenitude.

Ato II

No palácio de Yaroslavna. Terríveis pesadelos e premonições assombram Yaroslavna. Não recebe notícias de Igor desde longo tempo. Suas acompanhantes acusam Galitsky de agitação exagerada em Putivl. Elas se queixam que Galitsky raptou uma de suas amigas e pedem à Yaroslavna que intervenha e exija que a moça seja devolvida. Porém, Yaroslavna não tem poder sobre seu irmão. Galitsky ameaça a irmã e Igor.

Na corte do príncipe Galitsky, os homens participam de uma festa regada a bebida alcoólica. Buscando ainda mais poder, Galitsky pretende exílar Yaroslavna em um convento como parte de seu plano para substituir Igor e ser o novo Príncipe de Putivl. Skula e Yeroshka (os desertores)  apoiam as intenções de Galitsky. Numa tentativa desesperada, as jovens donzelas aparecem para pedir diretamente à Galitsky que liberte sua amiga, mas os convidados bêbados desdenham dessas e as expulsam do local. A festa dos bêbados atinge o seu clímax; todo mundo se prepara para a revolta.

No Palácio de Yaroslavna. Os boyars trazem a trágica notícia da destruição do exército e do cativeiro de Igor. Enquanto isso, Galitsky e seus seguidores aproveitam o momento e dão início à revolta. Sinos de alarme anunciam o perigo iminente: o inimigo avança em Putivl. Durante o pânico que se seguiu, Galitsky é morto.

Ato III

Putivl é destruída e deixada em ruínas. Yaroslavna perde todas as esperanças do retorno de Igor e chora a perda do marido. Igor escapa do cativeiro e retorna à destruída Putivl. Visões torturantes continuam a acompanha-lo. Os embriagados Skula e Yeroshka descobrem Igor. A fim de escapar da punição merecida por traição, o astucioso Skula sugere ao companheiro que sejam os primeiros a convocar as pessoas e compartilhar a boa notícia. Igor interrompe o júbilo da multidão e se dirige às pessoas com palavras de arrependimento. Ele se culpa por tudo o que aconteceu, e convida a todos para se unirem e reconstruírem suas vidas.

2 comentários:

  1. A históri da ópera: http://jornalggn.com.br/blog/stanilaw-calandreli-ii/principe-igor-na-opera-de-alexander-borodin

    ResponderExcluir
  2. Itárcio, muito obrigado pela dica. Vou colocar os atos desta fonte na página. Valeu!

    ResponderExcluir