sexta-feira, 23 de junho de 2017

Odete, a fiel depositária do Paranoá

Seis horas da manhã, já em pé, nos preparativos iniciais do rito diário, meu indefectível Nokia 2004 toca placidamente anunciando Odete no outro lado da célula. Conta a lenda que de certa feita determinada locomotiva socialite da mais alta casta dos corruptos do bem deu uma festa imperdível, e no meio de uma afinadíssima orquestra mandando metal em Blue Velvet, surgiram duas caixas douradas no centro do evento. 

A caixa um abriu-se e saíram propinas missionárias paramentadas ao nível puritano máximo e da caixa dois saiu a propina Odete, somente com plumas coladas por sobre as costas, feito asas angelicais, portando um cartaz que dizia - há mais transparência no caixa dois do que no um. Aplausos, delírios, gritos, hurras - Riram-se aos borbotões os corruptos do bem, dado à coerência convicta da propina transparente do caixa 2.

Odete!!! Adoro te ouvir antes de começar minha rotina ...

Ai ui ai ui amore, desculpe, é que Asuncion, minha pedóloga stripper da República Guarany está me dando ai ui ai ui uma assistência domiciliar, ai ui ai ui, digamos assim ...

Pedóloga stripper paraguaya? Não seria podóloga? Como é isto, Odete?

Não dá para explicar, ai, pelo smartphone, amore, ui, vem aqui, ai,  que te faço, ui, uma demonstração, ai, ...

Tudo bem, tudo bem ... mas a que devo a honra de ouvir sua voz, Odete?

Amore, como sabe, eu só falo sob fontes honestas. Asuncíon, minha pedóloga stripper acabou de me revelar que dia destes estava fazendo um triplo carpado pool party flex na esposa do empresário de alto fausto Dr. Fulano, enquanto este recebia para conversas formais, informais, deformadas e esquisitas de interesses privados os mais respeitados membros de bem do egrégio poder público da pátria amada idolatrada salve salve. 

Triplo o que?

Amore, não me interrompa, venha a Brasília e tudo será criado e renovaremos o céu e a terra, jorrando leite e mel, ai ui ai ui ...

Desculpa, Odete ...

Tudo bem, amore. Tudo bem ... então, onde eu parei? Ah, sim! Enquanto Asuncion prosseguia com seus métodos terapêuticos, aproximou-se dela a Querubinha, uma ex-super stripperdeuta da Coordenação de Áreas Ponderáveis ...

O que faz uma stripperdeuta em Brasília, Odete?

Pelo amor entre minhas coxas roliças e seu coração provinciano, não me interrompa. Venha para Brasília que eu te encaixo nestas questões todas, mas só euzinha, hem ... nada de se empolgar com estas vagabundas do planalto.

Foi mal, pode seguir ...

Então, esta coordenadoria de áreas ponderáveis é chefiada pelo Dr. Bigode, subalterno obsessivamente dedicado da Gostosinha do Reitor (aquele mesmo), ocupante por meritocracia da Gerência de Modus Operandis de Panos Quentes. Está me acompanhando, amore?

Sim, Odete, estou atento.

Ai, que lindo, amore. Bem, a Gostosinha do Reitor vinha dando bem para e com o Dr. Panamá Pappers, um chapeleiro maluco da Seção de Critérios Plausíveis, que por sua vez subordinava-se numa relação CID F65.5 com a chefe da Divisão de Desvios de Conduta Plena, ligada por canais, cabos e fios à Secretaria de Assuntos Estratosféricos do Ministério dos Homens de Bem, cujo ministro é o senhor Arcano Felino, amigo do amigo do amigo do amigo do senador Trilano, sócio do senhor Fulano.

Desculpa, Odete, mas o que é um CID F65.5?

Ah, amore, não dá para explicar, pois tem muuuuitas nuances, mas consulte o básico aqui .

Uau, Odete, dei uma olhada rápida ... que coisa, hem ... quem diria isto acontecendo na esplanada dos mistérios ...

Amore, para de babar e foca em mim. Então! Querubinha disse que tudo começou quando o senador Trilano queria abrir uma caixolândia para servir caixas aos mais necessitados, pois tem amigos fora das luzes furnas, na região do escuro, de coração duro e alma abalada e habitam o mundo das sombras, em cavernas escondidas, onde a luz da vida foi quase apagada ...

Odete, isto aí não é Gilberto Gil não?

Credo amore, você não sabe que em certas situações, a vida imita a arte? Foca, amor, foca. Revendo, melhor, recapitulando - o Senador Trilano, cuja alcunha no submund é  Game-Over do Leblon, queria abrir uma caixolândia, e contratou o amigo, que contratou o amigo que contratou o amigo do Ministro dos Homens de Bem.

Interessante ...

Pois é ... daí, o amigo do amigo do amigo para não segurar aquelas caixas escondido, levou a questão para o Ministro dos Homens de Bem.  Só que o Ministro dos Homens de Bem, com sua postura felina angorá não faz nada sozinho-sozinho. Imediatamente, mediante 12,5% sobre o lucro bruto, encaminhou a encomenda à sua Secretaria de Assuntos Estratosféricos, e foi assim então que o assunto circulou secretamente entre os homens de bem e chegou até a superstripperdeuta Querubinha executar, pois ela era a faz tudo sem questionar o mérito, mas com convicção.

Então, Odete, se tudo fluiu, como a casa caiu?

Amore, o rabo do felino angorá é imenso, e isto provoca nele uma extrema devoção de fidelidade a um só deus, o césar da roma brasiliana, o terrível, o temível, o invisível sim .., ele mesmo, o Usurpador de Penicos. E este, o usurpador, tem uma boca deste tamanho - pediu 80% do faturamento da Caixolândia para garantir despesinhas domésticas com a bela e recatada e herdeiros. O senador Trilano Game-Over puxou de cá, o Usurpador de Penicos puxou de lá até que a corda da fossa arrebentou e fedeu prá todo mundo, a ponto do genro do felino angorá receber bosta privada em envelope público.

Uau, Odete, agora vi a luz ...

Ai, amore, vem me terrrrr em Brasília, vem amore, vem me fazerrrr feliz por que te amo ...

Humm, sabe Odete, eu ... alô, alô ... droga, logo agora que eu ia dizer sim a bosta caiu na rede tum tum tum ploft.

É isto aí!




Nenhum comentário:

Postar um comentário