segunda-feira, 10 de julho de 2017

O mel, o céu e o lagar

Eles só dormem agarrados
num quarto e sala conjugado
de um conjunto popular

Ele de bermuda rasgada
ela de cabelo escovado
e camisola noir

Ele tem sono pesado
Ela sonha acordada
e gosta de namorar

Ele tem ideias fixas
ela sonha ser bailarina
e viver livre a bailar

Ele gasta tudo em cerveja
Ela dá um pouco na igreja
ajoelha e põe-se a rezar

Ele saiu mudo da casa
Ela ficou calada na muda
Resolveram conversar

Ele descobriu que a ama
Ela desconfiou da fama
Mas se espremeram no lagar

Ele jurou pelo céu
Ela deliciou-se do mel
E deram-se a lambuzar

É isto aí!

Nenhum comentário:

Postar um comentário