quinta-feira, 18 de janeiro de 2018

Devolvi (Adelino Moreira) com Maria Dapaz

Canta e encanta hoje no Cine Teatro Imperial da Pitangueira esta música de Adelino Moreira¹, a talentosa cearense Maria Dapaz²:

Devolvi o cordão e a medalha de ouro,
E tudo que ele me presenteou
Devolvi suas cartas amorosas,.
E as juras mentirosas,
Com que ele me enganou.
Devolvi a aliança e tambem seu retrato
Para não ver seu sorriso
no silencio do meu quarto.
Nada quis guardar como lembrança,
Prá não aumentar meu padecer.
Devolvi tudo
Só não pude devolver
A saudade cruciante
Que amargura meu viver.

Devolvi a aliança e tambem seu retrato.
Para não ver seu sorriso
No silencio do meu quarto.
Nada quis guardar como lembrança.
Para não aumentar meu padecer.
Devolvi tudo,
Sá não pude devolver,
A saudade cruciante,
Que amargura meu viver ...


Adelino Moreira¹ - um dos maiores compositores românticos dos anos 1950 a 1970, autor dentre dezenas de sucessos: Negue; A volta do boêmio (boemia, aqui me tens de regresso ...); Fica comigo esta noite; etc. 

 Maria Dapaz² -  por ela mesmo:

"Eu nasci para cantar..." Sou ariana nasci no dia 25 de março de 1959 em Jaboatão dos Guararapes/PE , mas me criei no sertão, às margens do rio Pajeú, na cidade de Afogados da Ingazeira.



Nenhum comentário:

Postar um comentário