terça-feira, 6 de abril de 2021

Desintoxicação emocional. (Alessandra Santtos)

Alto lá
Este texto não é meu
Confesso que copiei e colei
Autora: Alessandra Santtos
Fonte: Instagram



Eu sempre soube que lidar com pessoas não era uma tarefa fácil. Mas descobri ao longo da vida que lidar comigo mesma de forma honesta e sem curvas me traria paz, mas também não seria fácil.

E neste desejo eminente pela minha paz interior e minha saúde emocional, fui perdoando fatos e pessoas. Não me permiti mais, o acúmulo da mágoas, proveniente das decepções vividas com aqueles que um dia conviveram comigo.

A faxina emocional começou assim: Liberei perdão àqueles que um dia falaram de mim quando eu não estava presente, mas diante de mim demonstravam ser verdadeiros e não eram.

Perdoei àqueles que nunca me conheceram e mesmo assim, falaram daquilo que nunca souberam. Eu perdoei àqueles que enalteceram os meus erros com terceiros, mas nunca chegaram para mim e falaram o que sentiam.

Eu perdoei àqueles que me trocaram por supostas companhias melhores. Eu perdoei àqueles que vinham a mim apenas com a intenção de obterem qualquer tipo de benefício. Eu perdoei àqueles que um dia chamei de amigos, mas com o tempo vi que nunca houve amizade entre nós.

Eu perdoei àqueles que maliciosamente tramaram coisas intrigantes a meu respeito. Eu perdoei àqueles que tantas vezes me criticavam e hoje fazem as mesmas coisas que eu.

E neste processo, eu perdoei a mim por te guardado tralhas em minha alma devido a tudo isto. Eu gosto das voltas que a vida dá, pois são nestas voltas que podemos deixar ir o que nos aprisionou.

Mas nestas voltas, chegam muitas coisas lindas também. Hoje sou livre e não me permito mais carregar tralhas emocionais. O que passou, passou mesmo .... Estou no processo de desintoxicação emocional.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Gratidão!